31.12.04

Falta de jeito de serviço público

A RTP anunciou com toda a pompa que escolheu não transmitir o filme "The Perfect Storm" sobre um barco de pescadores preso numa tempestade entre ondas gigantes por achar que tal não era apropriado face a acontecimentos recentes (os mesmos que servem para enriquecer os serviços noticiosos da RTP e dos outros canais com imagens sumarentas de gente a ser arrastada pelo mar) e mesmo depois de terem passado a semana a anunciá-lo. Trata-se do mesmo canal que, no dia seguinte ao terramoto no sudeste asiático, transmitiu um telefilme sobre a Arca de Noé. De qualquer forma, não deixa de ser louvável que haja na RTP gente com tamanha sensibilidade.

Em substituição do filme planeado, transmitiu-se "Windtalkers," um filme sobre a invasão americana da ilha de Saipan durante a Segunda Guerra Mundial em que morreram, entre americanos e japoneses, mais de 30.000 pessoas.

30.12.04

Só à estalada!



"Agora já não vou ter todas as condições de férias que iria ter se, por acaso, não tem acontecido nada disto. Por outro lado, estou contente, porque vejo as coisas ao natural, como elas são."

23.12.04

A todos um bom Natal...

E para quando uma investigação da pedofilia no coro de Santo Amaro de Oeiras? Alguém trate disso. Fica aqui o desafio.

18.12.04

Venha o diabo...



São tão parecidos, não são?

16.12.04

É um jardim, sim senhor!



"Ai Jaimeinho, Jaimeinho... Tu não vás p'la zoolhogeia!"

13.12.04

Tremores

A propósito do tremor de terra que se sentiu hoje na área de Lisboa e em várias partes do sul do país, noticiou-se que os bombeiros foram inundados com telefonemas de gente ávida por informações. Para não sobrecarregar os bombeiros, que são gente ocupada, fica aqui esta singela ajuda para quem estiver interessado.

"Os terramotos são tremores ou abalos causados pela libertação repentina da energia acumulada durante longos intervalos de tempo em que as placas tectónicas sofreram esforços para se movimentar. Quando o atrito entre elas é vencido (subducção ou falha transformante) ou quando partes se rompem (separação de placas), ocorrem os abalos. Estes abalos têm intensidade, duração e frequência variáveis, podendo resultar em grandes modificações na superfície, não só pela destruição que causam, mas por estarem associados aos movimentos das placas tectónicas. Os hipocentros (pontos de origem dos terremotos) e epicentros (projecções verticais dos hipocentros na superfície) estão localizados preferencialmente em zonas limítrofes de placas tectónicas, onde estas chocam e sofrem subducção e enrugamento, formando, respectivamente, fossas oceânicas e cordilheiras continentais, ou onde elas se separam, nas cadeias dorsais meso-oceânicas. Ocorrem terramotos também no limites neutros, onde as placas se movem lateralmente em sentidos opostos (falhas transformantes)."

12.12.04

Criaturas mitológicas

Para desenjoar das críticas frequentes à RTP, fica aqui um louvor. Veja-se a distância que vai de Merche Romero ou Isabel Figueira a este senhor, um convidado de José Hermano Saraiva num programa sobre os lusitanos.



Passou bem?



Os lusitanos... tanto que havia para dizer...



Eram um povo ardiloso e robusto, habituado à agreste vida serrana.



Fechem os olhos e visualizem a Isabel Figueira durante 10 segundos. Depois abram-nos e olhem para aqui. Impressiona, não é?



E que tal um beijinho?



Depois veio a revolução e tiraram-lhe a cadeira. Que apresentasse os programas de pé se quisesse!

2.12.04

Jesus, Maria, José e Fátima



Excerto da carta dirigida pela autarca foragida, Fátima Felgueiras, aos felgueirenses.

"Nesta quadra de Natal, vamos todos colocar os olhos no presépio - na Sagrada Família. José, Maria e o Menino, também eles, tiveram de se ausentar da sua própria terra, pois tamanhas eram as perseguições do rei Herodes."

Nota: Depois da divulgação da carta durante todo o dia, Fátima Felgueiras resolveu reestabelecer a verdade dos factos e declarar publicamente não ter sido ela a autora da mesma nem ter qualquer responsabilidade no assunto. Ficámos todos muito tristes pela morte repentina de mais este motivo de gozo nacional-portugalista. No meu caso, não durou muito tempo. Foi só até olhar para a televisão e ver que a senhora está mais elegante, loura e usa aparelho nos dentes. Fiquei sem saber se era disfarce ou necessidade de afirmação pessoal. A vida de uma exilada política é muito dura.

Vá, atirem-nos areia...

E pronto...!

Está um gajo a preparar-se para assistir, com toda a serenidade, ao julgamento do processo Casa Pia, e é logo isto! Derrubam o governo, convocam eleições antecipadas, perseguem o Pinto da Costa...

O que nos vale é a Teresa Guilherme. Se não fosse este "1, 2, 3", quem é que se lembrava do CC?

1.12.04

Já reparou...



... que o país amanheceu com um sorriso estúpido de felicidade estampado na cara?

Reacção exclusiva



'A minha hora 'tá a chegar hihihihi'